Publicidade

Luís Cardoso – Bastidores da notícia

Bastidores de notícias de política, judiciário, crime e esportes.

Busca em todo o site

Firmas fantasmas pagaram empresa dona do avião de Eduardo Campos

Política
 

do G1.COM

Documentos obtidos pelo Jornal Nacional mostram que empresas fantasmas pagaram a empresa dona do avião em que morreu, no dia 13 de agosto, o então candidato à Presidência pelo PSB, Eduardo Campos.

Extratos bancários mostram que a empresa AF Andrade, que segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) é a proprietária da aeronave, recebeu R$ 1.710.297,03 supostamente pagos para comprar o jato. As transferências vieram de 6 pessoas físicas e jurídicas, e entre estas, há empresas mantidas em endereços onde funcionam uma peixaria, uma residência, uma sala vazia e uma casa abandonada em Pernambuco.

A AF Andrade diz que já havia repassado o avião para outro empresário, que o emprestou para a campanha de Campos. Uma das empresas, a Geovane Pescados, que fez uma transferência de R$ 12.500. No endereço da firma mora Geovane, que negou ter uma empresa de pescados.

“Acha que se eu tivesse uma empresa de pescados estaria numa situação dessas? Outra empresa, a RM Construções, fez 11 transferências, cinco em 1º de julho e outras seis em 30 de julho, que somam R$ 290.090. O endereço da empresa fica numa casa no bairro Imbiribeira, no Recife, mas empresa, em nome de Carlos Alberto Macedo, não funciona no local.

“Tinha um escritório. Às vezes, guardava o material o outro”, disse ao JN. Questionado por telefone se havia depositando dinheiro para comprar de um avião, Macedo disse: “Tem certeza disso?”. Outra empresa, Câmara & Vasconcelos, que fez um depósito de R$ 159.910, tem como endereço uma sala vazia em um prédio e uma casa abandonada.

Os dois lugares ficam em Nazaré da Mata, distante 60 quilômetros do Recife. A maior transferência feita para a AF Andrade foi de R$ 727 mil, no dia 15 de maio, pela Leite Imobiliária, de Eduardo Freire Bezerra Leite. Completam a lista de transferências João Carlos Pessoa de Mello Filho, com R$ 195 mil, e Luiz Piauhylino de Mello Monteiro Filho, advogado com escritórios em Brasília, Recife e São Paulo, com uma transferência de R$ 325 mil.

Luiz Piauhylino de Mello Monteiro Filho disse que o valor, transferido em junho, é referente a um empréstimo firmado com o empresário João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho.

João Carlos Lyra, por sua vez, declarou que, para honrar compromissos com a empresa AF Andrade, fez vários empréstimos, com o objetivo de pagar parcelas atrasadas do financiamento do avão usado por Campos.

A Leite Imobiliária confirmou que transferiu quase R$ 730 mil para a AF Andrade como um empréstimo a João Carlos Lyra. Já o PSB declarou, nesta terça-feira (26), que o uso do avião foi autorizado pelos empresários João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho e Apolo Santana Vieira.

E que o recibo eleitoral, com a contabilidade do uso do Cessna, seria emitido ao fim da campanha de Eduardo Campos. O PSB afirmou que o acidente, em que morreram assessores do candidato, criou dificuldades para o levantamento de todas informações.

Câncer de próstata encabeça lista de maior incidência de casos no MA

Maranhão
 

Considerada a doença que mais mata no mundo, segundo a Agência Internacional para Pesquisas sobre Câncer, o tumor maligno formado pela multiplicação desordenada de células de um tecido ou de um órgão, ou simplesmente câncer, vem crescendo assustadoramente no Maranhão.

Dentre os tipos da doença presentes na região maranhense, destaque para o de mama, colo de útero e o de próstata, que atualmente vem encabeçando a lista de maior incidência de casos no estado maranhense. E para que esse número não possa crescer rapidamente é necessário iniciar o tratamento 60 dias após o diagnóstico da enfermidade.

Em São Luís, alguns pacientes são encaminhados para o Hospital Universitário. No local, são realizados procedimentos cirúrgicos de diversos tipos relacionados à doença. No entanto, a quimioterapia e a radioterapia não fazem parte do quadro de tratamento da Instituição. Para que as etapas não sejam bloqueadas, os doentes são encaminhados para o Hospital de Câncer do MA, localizado no antigo prédio do Hospital Geral.

Na nova estrutura, que agora possui 123 leitos, os pacientes são acompanhados por uma equipe preocupada, primeiramente, em tentar diagnosticar precocemente a doença. Para Luiz Alfredo Guterrez, diretor-geral do Hospital de Câncer do MA, essas melhoras só tendem a colaborar com uma possível cura.

“Nosso desafio era ter leito disponível para esses pacientes. Hoje esse problema foi resolvido. Eu acho que o grande desafio agora é a gente conseguir diagnosticar precocemente a patologia porque a cura tá relacionada com o diagnóstico precoce, e a Instituição do tratamento precocemente”.

As pessoas que estavam em uma lista de espera vão poder se tratar no Hospital que atende todos os tipo de câncer. As pessoas, que eventualmente já aguardavam em uma lista de espera já tem lugar garantido no novo centro médico.

Segundo Klayton Ribeiro, médico do Hospital de Câncer do Maranhão, nos primeiros dias de funcionamento a fila de espera já foi zerada. “Nesses vinte primeiros dias de funcionamento nós conseguimos já zerar fila. Então significa que os pacientes nos procuram via ambulatorial, seja via regulação por transferência entre hospitais”.

Para a interna Josefa Cardoso, de 77 anos, o mais importante no processo é não perder a garra e a vontade de vencer a doença. “Precisa muita coragem e força de vontade, e isso eu tenho muito, bastante”.

Do G1, MA

Tristeza: desesperados e com fome, africanos aceitam ganhar R$ 15 para limpar e enterrar corpos com ebola

Mundo
 

Com o surto de ebola ameaçando toda a África Ocidental, Serra Leoa começou a contratar cidadãos para lidar com os corpos das vítimas da doença. Mesmo com medo, muitas pessoas aceitaram ganhar R$ 15 por dia para esterilizar e enterrar os corpos das vítimas.

À medida que a crise continua a se espalhar entre os países do oeste africano, trabalhadores em Kenema, em Serra Leoa, foram ganhando trajes e máscaras de proteção especiais para realizar a tarefa angustiante de enterrar com segurança os corpos infectados pelo vírus

Medidas rigorosas de quarentena têm sido postas em prática em todo o país para impedir a propagação do vírus que já afetou mais de 2.600 pessoas em todo o mundo

Residentes na área de West Point de Monróvia, onde o surto foi particularmente intenso, ficaram desesperados por conseguir comida, já que eles estão proibidos de sair da área e são forçados a esperar por fontes do governo.

Não há cura para o ebola e os surtos têm uma taxa de mortalidade de até 90%. Os efeitos da doença aparecem normalmente entre dois e 21 dias após a infecção.

As informações são do site Daily Mail

Prefeito e lideranças de Fortaleza dos Nogueiras declaram apoio a Rigo Teles

Política
 

O deputado Rigo Teles participou na semana passada, na cidade de Fortaleza dos Nogueiras, no Sul do Maranhão, de uma caminhada pelas avenidas e ruas da cidade, em apoio à sua reeleição para o quinto mandato na Assembleia Legislativa.

Acompanhavam Rigo a esposa Abigail, o candidato ao Governo do Estado, Lobão Filho, o candidato a vice-governador, Arnaldo Melo, o candidato ao Senado, Gastão Vieira, o prefeito Eliomar Nogueira, o vice-prefeito Túlio, secretários, lideranças e milhares de eleitores.

O prefeito Eliomar Nogueira – acompanhado da esposa Alessandra Nogueira, vereadores e secretários – externou seu trabalho pelo povo e pediu apoio para de Rigo Teles, Sarney Filho, Lobão Filho, Gastão Vieira e Dilma.

Em seu discurso, Rigo Teles agradeceu o apoio e prometeu continuar trabalhando pelo povo de Fortaleza dos Nogueiras, que já recebeu importantes benefícios levados pelo parlamentar. “Quem ganha com a parceria entre os candidatos é o povo”, disse.

Na oportunidade, o candidato Lobão Filho também agradeceu o apoio e declarou que o Município de Fortaleza dos Nogueiras merecerá uma atenção especial do seu governo. A recepção aos candidatos foi considerada uma das mais calorosas da campanha.

Condenado por improbidade, ex-prefeito de João Lisboa tem bens indisponibilizados pela justiça

Judiciário
 

Ex-prefeito de João Lisboa, Francisco Alves de Holanda

Ex-prefeito de João Lisboa, Francisco Alves de Holanda

Em sentença assinada no último dia 20, o juiz Glender Malheiros, titular da 1ª Vara da Comarca de João Lisboa, condenou o ex-prefeito do município, Francisco Alves de Holanda, pelos crimes de improbidade administrativa de fragmentação de despesas com dispensa indevida de licitação, concessão de diárias para si e para terceiros sem autorização legal ou regulamentar, e aplicação de percentual a menor na educação e saúde.

Além da perda dos direitos políticos por cinco anos e da proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo mesmo prazo, o magistrado determina ainda na sentença a indisponibilidade dos bens do ex-gestor no limite de R$ 400 mil (valor aproximado do somatório das condenações) para garantir eventual ressarcimento ao erário público.

A indisponibilidade dos referidos bens deve ser averbada à margem dos registros de imóveis eventualmente em nome do réu nos cartórios de João Lisboa, Imperatriz, Grajaú e São Luís, determina ainda o juiz na sentença.

A sentença atende à Ação de Improbidade Administrativa interposta pelo Ministério Público Estadual contra o ex-prefeito, por atos de improbidade praticados pelo gestor no ano de 2002, quando em exercício.

Ilegalidade – Entre as considerações do juiz, e referindo-se à aplicação de valores na Manutenção e Desenvolvimento do Ensino, Glender Malheiros destaca que o ex-prefeito não cumpriu com a obrigação constitucional, uma vez que aplicou 16,93% da receita, quando deveria ter aplicado no mínimo 25%.

“Como se não bastasse o município somente aplicou somente 6,99% dos recursos destinados à educação com o Ensino Fundamental quando deferia ter gasto, nominimo, 15%, nos termos do art. 60 do ADCT. Também os recursos do FUNDEF foram gastos de maneira ilegal uma vez que devendo gastar 60% com magistério e 40% com outras despesas, o fez somente no percentual respectivo de 41,18% e 54,77%.

“Portanto, aqui restou exaustivamente demonstrada a ilegalidade na gestão do orçamento público. Ilegalidade essa que se revela de forma qualificada já que ao deixar de empregar os recursos na educação da forma preconizada pela lei, abriu possibilidade dedesviá-lo para outras despesas obscuras e de mais difícil fiscalização, o que revela a má-fé do agente público ordenador de despesas”, ressalta.

Reportando-se ao percentual aplicado na área da Saúde à época (2002), o magistrado afirma que o ex-gestor deixou de aplicar o percentual mínimo constitucionalmente previsto para a área. de 13,86%, quando na verdade foi aplicado tão-somente 5,52%.

Para Malheiros, “tal conduta gerou graves prejuizos para a população de João Lisboa, que ficou alijada de um maior fornecimento de medicamentos, adoção de programas de prevenção ou contratação de profissionais de saúde”.

As informações são do TJMA

Pesquisa Ibope revela: Marina vence eleição no 2º turno. Veja os números

Política
 

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26) aponta Dilma Rousseff (PT) com 34% das intenções de voto para presidente da República e Marina Silva (PSB), com 29%. O candidato do PSDB, Aécio Neves, tem 19%, seguido de Pastor Everaldo (PSC) e Luciana Genro (PSOL), com 1% cada. Os outros seis candidatos somados acumulam 1%.

O levantamento indica que, em um eventual segundo turno entre Dilma Rousseff e Marina Silva, a ex-senadora teria 45% e a atual presidente, que tenta a reeleição, 36%.

Encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, a pesquisa é a primeira do Ibope com Marina Silva como candidata do PSB. No levantamento anterior do instituto, divulgado no último dia 7, o candidato do partido ainda era Eduardo Campos, que morreu em acidente aéreo no último 13. Naquela pesquisa, Dilma tinha 38%; Aécio Neves (PSDB), 23%; e Eduardo Campos (PSB), 9%.

De acordo com a pesquisa desta terça-feira, 7% dos entrevistados disseram não saber em quem votar e 8% responderam que votarão em branco ou nulo. Na pesquisa anterior, os que responderam não saber em quem votar eram 13% e brancos e nulos, 11%.

O Ibope ouviu 2.506 eleitores em 175 municípios entre os últimos sábado (23) e segunda-feira (25). O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00428/2014.

Confira abaixo os números na modalidade estimulada da pesquisa (em que o pesquisador apresenta ao entrevistado um cartão com os nomes de todos os candidatos):

- Dilma Rousseff (PT): 34%
- Marina Silva (PSB): 29%
- Aécio Neves (PSDB): 19%
- Luciana Genro (PSOL): 1%
- Pastor Everaldo (PSC): 1%
- José Maria (PSTU): 0% *
- Eduardo Jorge (PV): 0% *
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0% *
- Eymael (PSDC): 0% *
- Levy Fidelix (PRTB): 0% *
- Mauro Iasi (PCB): 0% *
- Brancos/nulos/nenhum: 7%
- Não sabe: 8%

* Cada um dos seis indicados com 0% não atingiu 1% das intenções de voto; somados, eles têm 1%
Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:

- Dilma Rousseff (PT): 27%
- Marina Silva (PSB): 18%
- Aécio Neves (PSDB): 12%
- Outros: 2%
- Brancos/nulos/nenhum: 12%
- Não sabe: 28%

Segundo turno

O Ibope simulou os seguintes cenários de segundo turno:

- Marina Silva: 45%
- Dilma Rousseff: 36%
- Brancos/nulos/nenhum: 9%
- Não sabe: 11%
- Dilma Rousseff: 41%
- Aécio Neves: 33%
- Brancos/nulos/nenhum: 12%
- Não sabe: 12%

Rejeição

Dentre os 11 candidatos a presidente, Dilma Rousseff tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Veja os números:

- Dilma Roussef: 36%
- Aécio Neves: 18%
- Pastor Everaldo: 14%
- Zé Maria: 11%
- Marina Silva: 10%
- Eymael: 9%
- Levy Fidelix: 9%
- Luciana Genro: 8%
- Rui Costa: 7%
- Eduardo Jorge: 7%
- Mauro Iasi: 6%

Avaliação do governo

A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma tem a aprovação de 34% dos eleitores – no levantamento anterior, divulgado no último dia 7, o índice era de 32%. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliaram o governo como “bom” ou “ótimo”.

A pesquisa mostra ainda que o índice dos que desaprovam a gestão, ou seja, consideram o governo “ruim” ou “péssimo”, é de 27% (31% no levantamento anterior). Consideram o governo “regular” 36% (na pesquisa anterior, 35%).

O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:

- Ótimo/bom: 34%
- Regular: 36%
- Ruim/péssimo: 27%
- Não sabe: 2%

Do G1

Doleiro Youssef participou da reunião na Casa Civil com Gondin

Maranhão
 

Doleiro Alberto Youssef e o secretário Fabio Gondin

Doleiro Alberto Youssef e o secretário Fabio Gondin

Até agora dois nomes de destaques estavam sendo mantidos distantes da reunião que ocorreu na Casa Civil do governo do Estado do Maranhão para tratar, dentre outros assuntos, do precatório da Constran. A informação de que o encontro foi na Procuradoria Geral do Estado não é verdadeira.

O doleiro Alberto Youssef estava presente de corpo e alma na reunião sentado ao lado da sua contadora, Meire Poza e tendo ao lado dela, o então secretário de Administração e Previdência, Fabio Gondin, hoje candidato à deputado federal pelo Maranhão.

Além de dois advogados da construtora, Youssef foi identificado na reunião como um membro técnico da Constran. Dos presentes, talvez, o então chefe da Casa Civil, João Guilherme Abreu, e Fabio Gondin (Administração e Previdência), sabiam de quem se tratava. Os secretários Bernardo Bringel (Planejamento), Helena Haickel (Procuradora Geral do Estado) e Graça Cutrim (Fundo Previdenciário do Maranhão) não tinham conhecimento da presença do doleiro e da sua contadora.

Conforme apurou o Blog do Luis Cardoso, durante o encontro, um dos advogados da Constran propôs que o Fundo de Previdência pagasse o precatório da construtora da ordem de R$ 113 milhões e que o Estado assumisse o débito ali criado com a Previdência. Gondin não disse nada.

A proposta foi prontamente recusada pelo secretário Bernardo Bringel, bem como por Graça Cutrim. No entendimento dos dois o dinheiro acumulado pelo Fundo pertence aos servidores do Estado, portanto, inviolável.

Na reunião, jamais foi tratado em comissão ou propina para agentes públicos do Estado ou percentuais para o doleiro. Se houve o acordo de 10% do total da dívida para Youssef e 5% aos agentes públicos, ocorreu em um outro momento e em outro lugar.

Lobão Filho apresenta propostas em debate; adversário só agride

Política
 

Em debate realizado nesta segunda-feira (25), na TV Difusora, o candidato Lobão Filho (coligação “Pra Frente, Maranhão”) destacou-se apresentando conhecimento sobre a realidade do estado e equilíbrio durante interação com os demais candidatos.

Participaram do debate, além de Lobão Filho, integrante da maior coligação com 18 partidos, os candidatos comunista Flávio Dino (PCdoB) e Antônio Pedrosa (PSOL).

Lobão Filho respondeu a perguntas de telespectadores sobre os temas segurança, saúde e educação. Sobre segurança, o candidato propôs para o problema da superlotação e das rebeliões nos presídios do estado, tirar as penitenciárias dos centros uranos, criando presídios agrícolas, “assegurando assim, direitos humanos básicos como o trabalho e, não, alimentando um depositário humano que gera mais violência”.

Sobre saúde, o candidato peemedebista levantou recentes índices que mostram o Maranhão avançando várias posições em relação a outros estados, mas que “a saúde é um problema dinâmico que precisa ser enfrentado a todo instante, desde a sua base, no saneamento e na educação”.

O candidato reforçou ainda suas propostas em educação, entre elas, a concessão de internet banda larga a todos os jovens do estado e um modelo eficiente de educação em tempo integral, com escolas centrais para que todos os alunos tenham acesso a esporte, música e laboratório no turno após as aulas.

Questionado sobre planos para a melhoria do sistema de saúde no estado, o candidato do Partido Comunista do Brasil, Flávio Dino, admitiu a catastrófica administração municipal de Balsas, do prefeito Luiz Rocha Filho (PSB) irmão o candidato a senador de sua chapa majoritária, Roberto Rocha (PSB).

Flávio Dino, por diversas vezes, fugiu às perguntas feitas pelos telespectadores e pelos candidatos para atacar gratuitamente seus adversários.

Questionado sobre segurança nos presídios, atacou à família do candidato Lobão Filho e, em outra oportunidade, quando questionado sobre os conflitos agrários no estado, ele apenas defendeu a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior em São Luís e, mais uma vez, esquivou-se de apresentar suas propostas.

Questionado sobre a proposta de mudança apresentada pelo grupo de Flávio Dino, em 2012, nas eleições municipais, ocasião em que o grupo do candidato comunista elegeu Edivaldo Holanda Junior, o candidato Antônio Pedrosa classificou as perspectivas de um possível governo do estado pelo mesmo grupo como “sombrias”. O candidato do PSOL propôs ainda “um modelo em que os professores sejam valorizados e não acorrentados à prefeitura”.

Direito de resposta – Lobão Filho recebeu o benefício de três direitos de resposta durante o debate. O primeiro deu-se devido à agressão disparada por Flávio Dino ao irmão do peemedebista; o segundo referiu-se a falsas denúncias de investigação; e o terceiro sobre associação do candidato à ditadura militar, rebatida por Lobão Filho com a informação de que “o comunismo, sim, é a cara da ditadura no mundo com cubanos fugindo da ditadura cubana e morrendo no mar e venezuelanos em caos”.

Flávio Dino recebeu um direito de resposta, ocasião em que apresentou as conhecidas certidões da CGU e do TCU que nada provam sobre as investigações feitas em sua gestão à frente da Embratur.

Campanha do ódio – Em suas considerações finais, Lobão Filho destacou a importância de o eleitor conhecer não apenas as propostas dos candidatos, mas também seu histórico de vida pessoal para avaliarem se seus discursos condizem com suas práticas na vida real.Ele ressaltou ainda as agressões que vem sofrendo por alguns adversários desde o início da campanha com discursos de ódio de candidatos que “disparam críticas exclusivamente pela crítica”.

Por fim, ele ratificou o compromisso de devolver a vida que recebeu após acidente sofrido em 2011, promovendo o bem para o povo de seu estado. “Não tenho projeto de poder, tenho compromisso de alma para mudar a vida de vocês”, concluiu Lobão Filho.

Vídeo mostra tiroteio durante assalto em que PM foi morto

Polícia
 

Acima,os dois adolescentes detidos pela polícia como suspeitos do crime. Abaixo, o subtenente Garcês que foi a óbito no Socorrão II.

Acima, os dois adolescentes detidos pela polícia como suspeitos do crime. Abaixo, o subtenente Garcês que foi a óbito no Socorrão II.

As imagens que você vai ver abaixo foram divulgadas cmo sendo as registradas no momento do assalto ocorrido nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (26), em frente a uma pabificadora no bairro Maiobão, em Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís.

O subtenente da Polícia Militar, Emiliano Alves Garcês Junior, reagiu a ação criminosa e foi baleado dos por dois assaltantes que fugiram do local numa moto, mas logo foram detidos pela polícia.

O PM chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda pela manhã no Hospital Municipal Clemetino Moura, o Socorrão II.

De acordo com as imagens, que já estão em poder da polícia, será averiguado se o PM é aquele que estava na moto e foi abordado pelos bandidos. Veja!

Pai de Flávio Dino rasga elogios para Roseana

Política
 

Sávio Dino em seu discurso na cidade de João Lisboa

Sávio Dino em seu discurso na cidade de João Lisboa

Ao contrário do que pensa o filho comunista Flávio Dino, o pai, Sávio Dino, ex-prefeito do município de João Lisboa, não poupou elogios a governadora do Maranhão, Roseana Sarney.

Sávio esteve reunido na última sexta-feira (22) naquela cidade, com o também ex-prefeito Emiliano Menezes, onde foram apresentados candidatos a deputado estadual e federal.

Na ocasião, o pai de Flávio Dino, candidato ao governo do Estado, em seu longo discurso, reconheceu o trabalho da governadora dizendo: “Roseana construiu a melhor escola que tem aqui em João Lisboa. A história não se muda. Essa é a história”.

As declarações de Sávio não devem ter agradado nenhum pouco o candidato comunista, já que abomina os Sarneys e associa o atraso do Maranhão a um único grupo político.

Mega operação em Catanhende prende 22 pessoas por roubo de combustível

Polícia
 

Uma megaoperação comandada pela Superintendência de Polícia Civil do Interior e Delegacia Geral realizada na manhã desta terça-feira (26), prendeu 22 pessoas na cidade de Cantanhede e Pirapemas.

Todas são suspeitas de roubar combustível transportado em trens da empresa Transnordestina, que passam pelas cidades.

Com a quadrilha policiais apreenderam seis armas. Todos os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim, a 108 km de São Luís.

Participaram da operação cerca de 100 policiais civis e militares, além de 10 delegados.

DS

Caso Décio Sá: liminar garante prisão domiciliar para Miranda

Polícia
 

Blog do Jorge Aragão

José de Alencar Miranda de Carvalho, um dos acusados do assassinato de Décio Sá

José de Alencar Miranda de Carvalho, um dos acusados do assassinato de Décio Sá

O desembargador José Luiz Oliveira de Almeida concedeu na sexta-feira (22), liminar em favor de José de Alencar Miranda de Carvalho, um dos acusados de ter encomendado a morte do jornalista Décio Sá, no dia 23 de fevereiro de 2012.

O pedido de liminar foi impetrado na Segunda Câmara Criminal pelo advogado Wendell Araújo de Oliveira. O desembargador José Luiz Almeida acatou o pedido e transformou a prisão de Miranda, preso no Comando da Polícia Militar em regime fechado, em prisão domiciliar. O estranho é que somente na noite desta segunda-feira (25) é que a informação acabou vazando.

No pedido, o advogado de Miranda sustenta que a idade avançada (74 anos), mais o problema de saúde (cardiopatia grave) e as condições do local onde estava preso seria suficiente para que a prisão fosse transformada em prisão domiciliar. Além disso, o advogado teria apresentado laudos médicos em que Miranda estaria sujeito a uma parada cardíaca a qualquer momento.

Abaixo um trecho da decisão da justiça.

decio

Miranda, pelo menos temporariamente, cumprirá prisão domiciliar com todo luxo possível, enquanto aguarda o julgamento, que parece pouco provável ser realizado ainda neste ano. Pior para Décio Sá, assassinado covardemente, seus familiares e amigos que ainda esperam uma decisão da morosa Justiça do Maranhão.


Deputado estadual Roberto Costa - 15789

Deputado Estadual Carlinhos Amorim - 12123

Deputado Estadual Rigo Teles - 43200

Deputado Federal Pereirinha - 1733



Contatos

E-mail: assessoriaavancada@live.com
Telefone: 98 3236-1351
Celular: 98 8722-6094
Publicidade

Arquivos

Posts ordenados por data de publicação.
Publicidade