Publicidade

Luís Cardoso – Bastidores da notícia

Bastidores de notícias de política, judiciário, crime e esportes.

Busca em todo o site

José Sarney completa 84 anos e é homenageado com missa solene

Política
 

O senador José Sarney teve participação embrionária e significativa na fundação da Rede Vida de Televisão, que foi autorizada na época em que presidia o Brasil.

Em reconhecimento a este feito, a direção nacional da emissora católica, através de seu fundador João Monteiro de Barros Filho, fará realizar nesta quinta-feira (24), data em que o ex-presidente e senador pelo Amapá (PMDB/AP) completa 84 anos de idade, uma Santa Missa especial no Santuário da Vida, na sede da emissora em São José do Rio Preto, que será transmitida ao vivo para todo o Brasil às 19h10.

“O Presidente Sarney teve um papel imprescindível para a consolidação de uma emissora católica baseada não apenas nos princípios cristãos, mas nos valores da família, da ética e do civismo, por esta razão prestaremos esta homenagem que é mais do que justa, agradecendo a Deus por iluminar este grande brasileiro que foi o precursor da nossa querida Rede Vida, o Canal da Família”, comentou Monteiro Filho.

Trajetória

A história política de José Sarney começou logo em 1955, quando estreou na Câmara dos Deputados aos 25 anos. Ele ainda teve pela frente mais duas legislaturas como deputado federal, até o ano de 1965, quando foi eleito governador do estado do Maranhão, com 60% dos votos válidos.

Logo após cumprir o seu mandato de governador, José Sarney foi eleito senador pelo Maranhão. E assim o fez por duas vezes, até 1985, ano em que assumiu a presidência da República, logo após 21 anos de regime ditatorial no país.

Como foi o primeiro presidente após a ditadura no Brasil, à José Sarney coube a tarefa de fazer a transição democrática do Brasil.

MPMA e Município firmam TAC para pagamento de 13° atrasado ao funcionalismo em Carolina

Política
 

O Ministério Público do Maranhão e a Prefeitura de Carolina firmaram, no último dia 15, um Termo de Ajustamento de Conduta que prevê a regularização do pagamento do 13° salário de 2012 de parte do funcionalismo municipal. Assinaram o TAC o prefeito Ubiratan da Costa Jucá e a promotora Dailma Maria de Melo Brito, titular da Comarca de Balsas e respondendo pela Promotoria de Justiça de Carolina.

No acordo, ficou definido que o 13° salário referente ao ano de 2012 dos servidores da Secretaria Municipal de Cultura e de parte do funcionalismo das secretarias de Educação e Finanças serão pagos até o dia 30 de abril. O valor total da dívida é de R$ 36.228,46. O assunto já foi tema de uma Ação Civil Pública proposta pelo MPMA.

Caso haja descumprimento ou atraso no pagamento do funcionalismo, está prevista a aplicação de multa diária de R$ 2 mil.

Em pré-candidatura, Lobão Filho surpreende e dispara: “Sou formado para governar o Maranhão!”

Política
 

do TopC

Os 30 anos de tradição política que a família “Lobão” tem no Maranhão vieram à tona no evento político ocorrido nesta quarta-feira (23) em São Luís.

O suplente de senador Lobão Filho (PMDB) não conseguiu disfarçar tamanha surpresa e satisfação em sua chegada na capital maranhense. O evento preparado para lançar seu nome como pré-candidato ao governo do Estado parece ter tomado proporções maiores que as esperadas pelo próprio candidato, que vive um momento novo na sua trajetória política.

Em seu discurso à imprensa, que esteve toda presente na Assembleia Legislativa, juntamente com centenas de aliados e correligionários, além de populares, Lobão Filho foi contundente e firme, e garante que se sente preparado e apto para governar o Maranhão. Diferente do cargo de senador, como governador ele pretende contribuir ainda mais com o estado com sua visão ‘empreendedora’.

E à oposição chamada pelo pré-candidato de “o grupo do desespero’, Lobão mandou um recado: “Não vou permitir baixar o nível… tenho certeza de uma campanha vitoriosa!”

Que se cuide o PCdoB de Flávio Dino.

Crianças soropositivas no Maranhão agora têm motivos para sorrir

Política
 

A situação de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade é algo que requer um cuidado todo especial porque é na fase da infância e adolescência que as personalidades de uma pessoa são forjadas e traumas podem ocorrer tão facilmente. É por isso que crianças em situação de rua, vítimas de abuso sexual ou mesmo quando são submetidas ao trabalho escravo tem tendência a se tornarem adultos problemáticos ou até mesmo criminosos e delinquentes.

Logo, se isso vem a ser fruto de uma infância perdida ou de uma adolescência envolta em situação de vulnerabilidade, é preciso que existam formas de se tentar resgatar essas crianças e adolescentes dessa situação.      É visando isso que o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP realizou uma parceria com a Casa Sonho de Criança, uma entidade que luta pelo amparo e direitos de crianças soropositivas no Estado do Maranhão. O IBRAPP entende que, essas crianças além de toda a assistência nas áreas jurídica, nutricional, financeira e psicológica, precisam ter momentos lúdicos e de lazer assim como toda criança, sobretudo porque as crianças assistidas pela Casa Sonho de Criança, conscientes da sua condição de portadoras do vírus HIV, necessitam se sentirem iguais.

Por isso o objetivo da parceria é justamente proporcionar a essas crianças tais momentos por meio de oficinas de leituras dinâmicas e interativas, música, teatro, dança, pintura, artes gráficas, inclusão digital e passeios turísticos pela cidade de São Luís.

As oficinas fazem parte da Ação Social “Ciranda dos Sonhos”, realizada pelo IBRAPP e serão ministradas por uma equipe de colaboradores do IBRAPP que, de forma voluntária, se predispuseram a contribuir para que essas crianças já não se sintam tão vulneráveis e assim como as outras crianças possam sorrir.

Aação social terá início no dia 26 de abril e segue em sábados alternados até o dia 28 de junho.

 

Ricardo Murad não compareceu ao evento de Lobão Filho

Política
 

Ricardo Murad

Ricardo Murad

Causou surpresa a ausência do supersecretário de Saúde e da Segurança também, Ricardo Murad, no evento político organizado pelo PMDB na Assembleia Legislativa quando do lançamento da pré-candidatura do senador Lobão Filho para governador do Maranhão.

Espaçoso, mas tido como excelente coordenador de campanhas majoritárias no Maranhão, Murad não deu o ar de sua graça nem mesmo na recepção ao filho do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, no aeroporto Cunha Machado.

Logo os primeiros comentários no auditório Fernando Falcão foram os de que a ausência teria sido um pedido da governadora Roseana Sarney por causa de uma bomba prestes a estourar na Saúde.

Outras versões davam conta de que a orientação teria partido do ministro Lobão que, cauteloso, achou por bem sugerir o afastamento do cunhado da governadora nesta primeira etapa da campanha.

 

Pesquisa DataM mostra que quase 50% ainda não escolheram candidato a governador

Política
 

Pesquisa realizada pelo DataM entre os dias 19 e 22 deste mês de abril mostra que 48,8% dos eleitores do Maranhão ainda não sabem em que irão votar para governador. A consulta foi registrada no TRE/MA sob o protocolo 6/2014 e ouviu um universos de 1.500 pessoas em 50 cidades maranhenses.

Esta é a primeira pesquisa realizada depois que ´Luis Fernando desistiu da pré-candidatura e teve seu nome substituído pelo senador Lobão Filho, duas semanas apenas. Outro fato que chama a atenção é e exclusão do nome da deputada Eliziane Gama.

Pelos números da pesquisa, dos pouco mais de 51% dos eleitores que se manifestaram espontaneamente,  Flávio Dino teria 33,2% da intenção de votos, seguido do nome da governadora Roseana Sarney (que não pode mais ser candidata) com 4,1%, Lobão Filho com 3,3%.

Quando o cenário é estimulado, Flávio Dino aparece com 62.5%, Lobão Filho com 12,2%, Marcos Silva teria 3,3% e Luis Pedrosa apenas 2,3%. Brancos e nulos chegam a 11,6% e 8,2% não sabem ou não quiseram votar.

Com o evento de ontem realizado pelo PMDB em, favor da pré-candidatura de Lobão Filho, que contou com a presença expressivas de lideranças políticas, é provável que o quadro já esteja alterado neste momento.

Com as visitas que o senador fará às cidades a partir desta semana, o cenário vai se modificar ainda mais. É só aguardar.

Escolas municipais de São Luís são selecionadas em programa do Governo Federal

Política
 

A capital São Luís está entre as selecionadas pelo Ministério da Cultura para participar do “Mais Cultura nas Escolas”. Cada projeto selecionado receberá entre R$ 20 mil e R$ 22 mil para desenvolver as atividades culturais, que devem ser iniciadas ainda este mês de abril. O Programa é uma parceria da Prefeitura de São Luís com o Governo Federal, por meio dos Ministérios da Cultura e da Educação.
Para o secretário de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, a parceria irá proporcionar formação gratuita, integral e de qualidade a todos os estudantes. “Valorizamos e incentivamos a iniciativa dos gestores, coordenadores pedagógicos e professores que buscam boas parcerias e alternativas à rotina das salas de aula. Especialmente quando conseguimos, através delas, auxiliar no exercício da criatividade e na construção da identidade das crianças e adolescentes”, disse.
A relação das propostas classificadas nos editais contempla seis unidades de ensino básico da rede municipal de São Luís: “São Raimundo” (São Raimundo), “Justo Jansen” (Centro), “José Cupertino” (João Paulo), “Rosário Nina” (Bairro de Fátima), “Gomes de Sousa” (Vila Maranhão) e “Evandro Bessa” (Santa Bárbara).
Os recursos serão repassados às escolas por meio do Programa Dinheiro Direto nas Escolas do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (PDDE/FNDE). O valor é calculado conforme o número de alunos matriculados na unidade e deverá ser investido na contratação de serviços culturais relacionados às atividades artísticas e pedagógicas, que poderão acontecer dentro ou fora da escola – durante o ano letivo, por pelo menos seis meses.
Os projetos inscritos na seleção poderiam dialogar com um ou mais eixos dos nove estabelecidos pelo programa Mais Cultura nas Escolas: “Criação, Circulação e Difusão da Produção Artística”, “Cultura Afro-brasileira”, “Promoção Cultural e Pedagógicas em Espaços Culturais”, “Educação Patrimonial”, “Tradição Oral”, “Cultura Digital e Comunicação”, “Educação Museal”, “Culturas Indígenas” e “Residências Artísticas para Pesquisa e Experimentação nas Escolas”.
Autor de três livros de literatura de cordel, o professor Carlos Alberto Scanssette é o coordenador do projeto “Convivência escolar”, um dos projetos aprovados para participar do programa Mais Cultura nas Escolas. A proposta para os alunos da UEB São Raimundo é envolvê-los na produção de um livro de literatura de cordel e produzir um espetáculo teatral de bonecos com o tema da convivência escolar.
“A aprovação de um projeto como esse resgata a dignidade e a autoestima das nossas crianças e adolescentes, que enfrentam diariamente uma dura realidade. A partir desse projeto, eles serão autores de livros, produtores de peça, atores e sonoplastas. Isso renova o nosso sentimento de que vale a pena continuar investindo na formação dos estudantes”, disse orgulhoso o coordenador.
O projeto Baú de Visões, da UEB Rosário Nina, também foi selecionado pelo programa federal. A formação cultural e as manifestações populares do Bairro de Fátima ganharão cor e vida nas exposições artísticas e apresentações teatrais feitas pelos próprios alunos. “No projeto, contaremos com a participação do artista gráfico Jonilson Bruzaca e da jornalista Zina Nicácio. A dança, o bumba-meu-boi, as artes visuais e músicas serão alguns dos temas abordados pelos nossos alunos”, disse a gestora Gilmara Carneiro.
Saiba mais
O programa “Mais Cultura nas Escolas” pretende potencializar processos de ensino e aprendizado por meio da democratização do acesso à cultura e da integração de práticas criativas e da diversidade cultural brasileira à educação integral. O investimento totaliza R$ 100 milhões apenas na 1ª etapa, podendo ser investido na contratação de serviços culturais relacionados às atividades artísticas e pedagógicas.

Agora lascou: Mais de 60 criminosos soltos nas ruas

Política
 

Eles não precisaram levar dias para escavar túnel. Eles não necessitaram do auxílio de outras pessoas de dentro ou de fora para ganhar as ruas e causar pânico na população da capital.

Simplesmente eles foram beneficiados pela Justiça no indulto da Semana Santa. Foram cerca de 230 apenados que deixaram o complexo presidiário de Pedrinhas para gozar o feriado com seus familiares.

Do total acima, mais de 60 não retornaram às suas celas para o cumprimento das penas. Eles deveriam estar em Pedrinhas desde o dia 22, mas estão soltos nas ruas dando trabalho para a polícia e colocando o terror na cidade.

Sãos diversos os casos que os bandidos são beneficiados e não retornam. Só voltam quando realizam assaltos, matam e estupram ou quando não são executados.

Tem sido sempre assim. E a população é quem padece.

Banco terá que indenizar cliente que caiu em golpe dentro da agência

Política
 

As instituições financeiras respondem objetivamente pelos danos gerados por fortuito interno relativo a fraudes e delitos praticados por terceiros no âmbito de operações bancárias.Foi baseado nessa súmula do Supremo Tribunal Federal que a Turma Recursal Cível e Criminal de Caxias proferiu decisão em favor de um cliente do Banco do Brasil, que caiu no golpe do cartão trocado dentro de uma de suas agências. A causa já havia tido sentença favorável ao reclamante, assinada pelo juiz Rogério Monteles da Costa, do Juizado Especial Cível e Criminal de Timon.

No julgamento do recurso interposto pelo banco, a Turma Recursal Cível e Criminal de confirmou sentença do Juizado Especial Cível e Criminal de Timon proferida nos referidos autos. De acordo com o reclamante, ele, ao efetuar saque de R$ 200,00 (duzentos reais) junto a um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil de Timon, foi abordado por um homem dizendo que apareceu na tela do caixa eletrônico uma mensagem contendo a informação de que deveria trocar a senha do cartão. Segundo relata, este homem ficou com o seu cartão e devolveu-lhe o cartão de uma terceira pessoa.

A vítima do golpe narrou que foram efetuadas transferências da ordem de R$ 6.000,00 (seis mil reais), assim como um saque de R$ 800,00 (oitocentos reais) e compras no seu cartão de crédito no total de R$ 9.000,00 (nove mil reais). Constatando que tinha sido vítima da ação do golpista dentro da agenciam, ele entrou com pedido na Justiça da restituição do valor usufruído por terceiro, bem como indenização por danos morais. A defesa do banco foi baseada em culpa exclusiva da vítima por ter responsabilidade pela guarda do cartão e sua senha.

No Acórdão proferido pela Turma Recursal de Caxias, o juiz Simeão Pereira e Silva entendeu por bem em confirmar a sentença proferida ao argumento de que a responsabilidade do banco é necessariamente objetiva, em razão da relação de consumo nos termos do parágrafo 2º, do artigo 3º do Código de Defesa do Consumidor. Sendo assim, há responsabilidade do fornecedor de produto ou serviço, de indenizar os danos causados ao consumidor, independentemente de culpa, conforme disposição contida nos artigos 12 e 14 do mesmo código. “Não deve ser questionada a culpa ou dolo do agente, bastando comprovação do nexo de causalidade entre a ação/omissão e o dano”, frisa o texto do Acórdão.

No acórdão, está fundamentado, ainda, o argumento de que, tendo a instituição financeira disponibilizado aos seus clientes o serviço bancário, cabe-lhe proporcionar a segurança para o correto exercício dessas transações, restando evidenciada, assim, a falha na prestação de serviços. “É responsabilidade do prestador fornecer serviço seguro e eficaz, ao passo que, ausentes estes, resta aberta a via que se direciona à devida indenização, consoante disposição do art. 927, do Código Civil”, versa o documento.

Frente a isso, o Banco do Brasil foi condenado a pagar ao reclamante o valor de R$ 6.780,00 (seis mil, setecentos e oitenta reais) a título de danos morais e de R$ R$ 12.289,17 (doze mil, duzentos e oitenta e nove reais e dezessete centavos), referente aos prejuízos decorrentes das transações efetuadas com o cartão e dados bancários da vítima, todas realizadas por terceiro beneficiário do golpe da troca de cartão na agência bancária.

Assessoria de Comunicação

Corregedoria Geral da Justiça

Igualdade Racial já merece uma Secretaria, afirma Rose Sales

Política
 

Rose Sales quer Secretaria ou Coordenadoria Municipal de Igauldade Radial.

Rose Sales quer Secretaria ou Coordenadoria Municipal de Igauldade Radial.

A criação de uma Secretaria Municipal de Igualdade Racial ou de uma Coordenadoria Municipal de Igualdade Racial é uma aspiração antiga dos movimentos sociais ludovicenses, “em consonância com a luta histórica do movimento negro local”, conforme requerimento de autoria da vereadora Rose Sales (PCdoB) aprovado esta semana na Câmara Municipal de São Luís. “A razão da necessidade de resgatar o conceito de iguadade étnico-racial e dessa maneira promover a equidade de oportunidades em todos os níveis das políticas públicas e dos direitos sociais para a população negra” é uma das justificativas elencadas pela representante comunista ao apresentar sua proposição.

Segundo Rose Sales, essa secretaria ou coordenadoria “servirá como órgão fomentador da igualdade e irá transversalizar as demais políticas municipais, como as de direitos humanos, saúde, educação, trabalho e outras dirigidas para a população negra de São Luís,”. Ela ressalta que “em São Luís existe apenas o Conselho Municipal Afrodescendente, que faz o controle social junto ao Executivo referente às ações inerentes ao direito de negritude, não sendo assim, admissível termos apenas esse valioso instrumento em se tratando de uma capital com mais de um milhão de habitantes, com a terceira maior concentração de negros e negras do País”.

A vereadora do PCdoB assinala que a maioria da população negra da capital maranhense pertence às camadas marginalizadas, sem oportunidade social, “o que no cotidiano representa no interior de nossos bairros um número crescente de crianças, adolescentes e jovens sem horizonte de vida, totalmente vulneráveis às mazelas sociais, principalmente ao tráfico, às drogas, à prostituição infanto-juvenil e ao trabalho infantil”.

Rose Sales completa que “daí se faz necessário a implantação de uma Secretaria ou Coordenadoria Municipal a fim de ampliar e desenvolver políticas públicas para fomentar o asseguramento dos direitos e a identidade étnico-racial ludovicense, por meio do fortalecimento de parcerias para o enfrentamento ao desafio de promover a igualdade de oportunidade entre os diferentes grupos étnicos que compõem nossa cidade”.

PCdoB faz apresentação da prévia do Programa de Governo

Política
 

Do TopC

A oposição também reuniu lideranças na tarde desta quarta-feira (23) em São Luís. Representantes políticos de todo o estado estiveram presentes no lançamento da primeira fase das ‘Propostas por Um Maranhão com Desenvolvimento e Justiça Social’, que o pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB) apresentou à imprensa.

De acordo com a oposição, 53 propostas devem fazer parte do Programa de Governo a ser apresentado pelas lideranças políticas que defendem a alternância de poder no Maranhão.

A coletiva de imprensa foi concedida por Flávio Dino e por Roberto Rocha, pré-candidato a Senado.

O vice-prefeito de Imperatriz, Pastor Porto participou do evento. “Dia histórico. Flávio Dino apresenta programa de governo. Um novo Maranhão surgindo. ” afirmou.

Representaram a bancada da Assembleia Legislativa, os deputados Marcelo Tavares (PSB), Raimundo Cutrim (PCdoB), Carlinhos Amorim (PDT) e Bira do Pindaré (PSB). Os presidentes do PROS (deputado federal Zé Vieira), PDT (Julião Amin), PCdoB (Márcio Jerry), Solidariedade (representado por Wagner Lago), representantes do PTC e PP também estiveram no evento. Prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos e vereadores de diversas regiões presenciaram a coletiva.

No encontro, Flávio Dino apresentou propostas e tentou esclarecer a forma como elas serão implantadas nos quatro anos em que pretende governar o Maranhão.

“O que queremos com esse conjunto de ideias construído pela união de sonhos de milhões de maranhenses é fazer a equação entre as 6 letrinhas: PIB e IDH. Ou seja, fazer com que todos os maranhenses tenham acesso às riquezas que geramos,” disse o comunista.

Na oportunidade, Flávio renovou o convite ao PPS, para que as alianças sejam ampliadas, uma vez que o PSDB, de Roberto Roberto, se fez presente.

CPI dos Combustíveis pressiona empresários de São Luís

Política
 

O empresário Hélio Viana foi o primeiro a depor como testemunha e negou a formação de cartel

O empresário Hélio Viana foi o primeiro a depor como testemunha e negou a formação de cartel

Nesta terça-feira (22), na Assembleia Legislativa do Maranhão, foram iniciados os depoimentos na Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga uma possível prática criminosa na revenda de combustíveis nos postos de São Luís.

A denominada CPI dos Combustíveis teve início no dia 3 de abril, após denúncias encaminhadas ao Ministério Público, através da Promotoria do Consumidor, de prática abusiva nos preços oferecidos.

O alinhamento feito em todos os postos de São Luís, onde a tarifa cobrada é única, configura crime.

Ontem, o primeiro a ser ouvido na CPI, seria o Presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão, Horlando dos Santos. Mas ele não compareceu e encaminhou um atestado médico justificando a ausência. O depoimento dele foi remarcado para a próxima semana.

Hélio Viana, proprietário de um dos postos de combustíveis mais antigos da capital, negou a formação de cartel em seu depoimento.

Representantes do Ministério Público, deputado Otelino Neto, Presidente da Comissão de Inquérito, e os demais parlamentares presentes, ouviram atentamente as oitivas e estão convencidos da prática de cartel.

A CPI segue até a próxima semana, quando deve ser ouvido o presidente do sindicato dos revendedores de combustíveis do Maranhão.

do TopC

Contatos

E-mail: assessoriaavancada@live.com
Telefone: 98 3236-1351
Celular: 98 8722-6094
Publicidade

Arquivos

Posts ordenados por data de publicação.
Publicidade